Os editores do “Humanizando o sexo” manifestam seu repúdio à banalização da sexualidade imposta pela mídia. Cada vez mais, se respeita menos a dignidade humana e toda a sua integralidade, que engloba a dimensão corporal, quando se explora e vulgariza o papel do corpo e do sexo. No cinema, absurdos como uma classificação de faixa etária  incoerente com o bom senso para filmes que desrespeitam as escolhas do espectador, pois o que se vê é uma pornografia imposta, em outras palavras, pornôs disfarçados de  suspense e ação. Por outro lado, as redes de televisão brasileira, cada vez mais se rebaixam para conseguir audiência, pois parece já não existir algo de qualidade para ser transmitido e já não se respeita sequer as famílias que se reúnem para acompanhar sua programação. Ainda, meios de comunicação impressos, na tentativa hipócrita de criticar os abusos da televisão já não admitidos pela população, se aproveitam para também expor cenas e imagens que caem na mesma mediocridade e apelação. Na internet, qualquer assunto direciona para conteúdo sexual, mesmo sem alguma relação com isso.

 Parabenizamos e apoiamos a todas as iniciativas que estimulam os brasileiros a dizer “Não!” a tudo isso!!! Apelamos a todos a  que se esforcem, especialmente nesse Carnaval, para mostrar que ainda preservam e valorizam sua própria intimidade e não se submetem a essas pressões de caráter vis, que tentam influenciar nossos compatriotas de forma tão desprezível.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s