A nossa vocação é o amor

Estamos juntos há 3 anos e 2 meses para a honra e glória de Deus. Assim que começamos a namorar ele já sabia que eu frequentava a igreja e era católica praticante; eu já conhecia a verdade e estava decidida a seguir os mandamentos de Deus, buscando a santidade.

Ao iniciarmos o namoro deixei bem claro sobre os meus princípios e no que eu acreditava: viver a castidade no namoro. Ele, então, deixou bem claro que sabia que isso era mandamento de Deus, mas que não via fundamento – não achava que isso prejudicava um relacionamento.

Então eu expliquei a ele, que eu tinha certeza que essa era a forma certa e o caminho mais rápido para chegar até o Céu, e pedi que me desse uma chance de provar que eu estava certa, sabia que Nossa Senhora me ajudaria nessa missão.

No início foi bem difícil, mas quando não desistimos e permanecemos em oração conseguimos vencer as tentações, que querem nos afastar da graça a todo tempo. Tenho certeza que ele pensava que eu fosse desistir mas eu estava decidida e pedia muito a Nossa Senhora pra me ajudar e também mostrar a ele o sentido de tudo isso.

Que namoro era uma fase de conhecimento, troca de carinho, partilhas, e, sobretudo, um tempo para adquirir o respeito para com o outro e aprender a controlar seus instintos e desejos.

Aos poucos ele foi entendendo tudo isso e também começando a participar das coisas da igreja que eu participava, sentia que mesmo que ele fizesse obrigado, alguma coisa mudava a cada encontro, cada palestra, cada missa, em cada momento Deus tocava ele e o mostrava os planos Dele para nós.

Também foram importantes o testemunho dos nossos amigos, que viveram a castidade e mostravam que isso era possível se você quisesse. Os testemunhos nos arrastaram e nos convenceram que estávamos no caminho certo.

Louvo e agradeço a Deus pela graça que Ele derramou, e ainda continua derramando, no nosso relacionamento, por intercessão de Nossa Senhora. Hoje, eu e ele vivemos melhor a castidade porque entendemos que não temos que levar isso como um peso, um sacrifício, mas que devemos fazer por amor a Deus e depois que entendemos isso ficou mais fácil vencer as tentações diárias. Deus tem honrado a nossa (pouca) fidelidade.

Também acredito que ficou mais fácil através das orações, o terço mariano é uma ótima arma para ajudar o cristão a vencer qualquer dificuldade. Amo meu namorado a cada dia mais, pois, sei das dificuldades da espera mas sei também que…

“quem não está disposto a esperar um só dia não será capaz de amar para sempre” (São João Paulo II).

Hoje entendemos que o amor se baseia na cumplicidade, na amizade e o cuidado entre nós. Saber que nosso caminho está sendo preparado e solidificado por Deus nos deixa certo que seguimos os passos de quem nos ama a todo momento.

“A nossa vocação é o amor”.

 

Por Thaís e Lucas

 


PS.: O casal foi convidado a deixar o testemunho deles.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s