Oh, Castidade é muito difícil? Seja homem!

“Há caminho que parece reto ao homem; seu fim, porém, é o caminho da morte.” (Pr.14,12).

Pornografia, masturbação, adultério, fornicação, etc., podem parecer ok, mas eles trazem infelicidade nesta vida e, se você morrer impenitente, a condenação eterna na outra.

Prurido de escutar novidades

Em sua segunda carta a Timóteo, São Paulo escreveu: “Porque virá tempo em que os homens já não suportarão a sã doutrina da salvação. Levados pelas próprias paixões e pelo prurido de escutar novidades, ajustarão mestres para si.” (2 Tm. 4,3).

Sejamos honestos. Muitos de nós, eu mesmo inclusive, podemos cair vítimas da tentação de ouvir apenas palavras suaves de encorajamento, palavras que você talvez precise ouvir depois da queda, mas não antes. Para muitos de nós, é hora de virar homem!

No livro O Valor divino do humano, Pe. Jesus Urteaga oferece um pouco de amor firme a um amigo que havia desistido da castidade. Ele escreve:

Algum tempo depois, voltamos a encontrar-nos… Havia mudado. Que te acontecera?

Onde estava aquele impulso, o amor dos teus primeiros dias, aquele entusiasmo, a vibração dos teus começos?

Respondeste-me com o silêncio e com um olhar longínquo.

Por fim, decidiste-te a falar, e, balbuciante, articulava esses pobres argumentos:

– Compreendi afinal que era uma criancice […] É que… não posso!

E aos teus pobres raciocínios, às tuas “razões sem razão”, não soube responder-te de outra forma:
– Covarde!

Encheram-se os teus olhos de sangue quando me olhaste, mas não tenho nenhum medo de to repetir silabando:
– Co-var-de! Não podes? Não queres! Com homens como tu, o Cristianismo se teria arruinado antes de entrar nas catacumbas!

[…]ainda houve tempo suficiente para te esclarecer:
– Há deveres a que não nos podemos eximir, muito embora nos sintamos desalentados.

Para aqueles que acham esse conselho muito duro, ou que os padrões estabelecidos pela Igreja são muito elevados, ele diz o seguinte:

Continua nessa vida de vadio inútil que levas. Deixa-te vencer – como sempre – à hora de levantar.

Deita-te à hora que mais te “convenha”. Não faças nenhum plano de vida. Procura não aproveitar o tempo. Dá-te ao descanso quanto possas.

Deixe que os olhos vejam e que a tua imaginação corra e voe, e verás – pobre preguiçoso! – que grandes são as portas do inferno.

Três verdades sobre a tentação sexual

1. Não há situações intermédias: ou besta ou anjo — Pe. Jesus Urteaga

2. Diz ao teu corpo: – Prefiro ter um escravo a sê-lo teu. — S. Josemaría Escrivá

3. Nunca desesperes. Morto e corrompido estava Lázaro: “jam foetet, quatriduanus est enim” – já fede, porque há quatro dias que está enterrado, diz Marta a Jesus.
Se ouvires a inspiração de Deus e a seguires (“Lazare veni foras!” – Lázaro, vem para fora!), voltarás à Vida. — S. Josemaría Escrivá

[Diante de tantas ocasiões e convites que o mundo oferece de felicidade e satisfação fácil, a castidade pode parecer muito difícil, no entanto ela é uma virtude a ser trabalhada diariamente. Há muitos que pensam que a castidade é apenas evitar uma coisa ou outra, e isso sim, pode torná-la um fardo, pois a veremos apenas como um monte de nãos ás inclinações sexuais, mas se a enxergarmos pela ótica do grande SIM ao amor puro e verdadeiro, total, fiel e fecundo, então como diz Escrivá, “quando te decidires com firmeza a ter vida limpa, a castidade não será para ti um fardo; será coroa triunfal”.

Por fim, é necessário também lembrar o que disse Tihamer Toth no texto do livro que publicamos em As grandes almas, “é preciso menos coragem para tomar banho em janeiro (onde é inverno no norte), num rio gelado, que permanecer fiel aos princípios de pureza moral numa sociedade desorientada.]

 

[ ] Por Christian Pacheco

Texto Original: Matt Fradd

Fonte: Chastity is too hard? Man-up!

Tradução Rafael Ribeiro

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s