Sobre

O mundo atual nos apresenta a incorporação da banalização da sexualidade humana. Diante dessa situação nós, da Equipe Humanizando o Sexo, exercemos um trabalho político por meio da formação, sobretudo da juventude, acerca da dignidade da sexualidade humana e do ato conjugal, conscientizando dos riscos dessa banalização e dos benefícios da vivência da castidade como virtude.

Anúncios

2 comentários sobre “Sobre

  1. Graças à Deus!! Até que enfim uma mídia que contradiz a moral baixa e laxista desses nossos tristes tempos prostituídos… Infelizmente, quanto a sexualidade, até mesmo os “Doutores” das nossas igrejas tem ensinado coisas escandalizadoras que é de deixar de boca aberta até mesmo ao cristão mais relapso. Eu mesmo, que estou tentando mudar (converter), quando procuro alguma literatura cristã de apoio na internet logo percebo que a maioria dos textos, artigos e livros se resumem a dizer que temos que ser totalmente castos até o casamento e que depois disso praticamente todos os tipos de carícias possíveis são admissíveis na união conjugal, desde que não se cometa o pecado de Onã. Tenho achado isso um absurdo! Eu cometi erros no passado, e no presente venho tentando me libertar de pecados da luxúria, e quando procuro auxílio alguns não poucos “Guias espirituais” praticamente orientam em seus livros a fazer do sagrado matrimônio um prostíbulo particular. Desculpe-me as palavras pesadas, mas é que nesses livros eles estão dizendo coisas que são de corar qualquer um, e o que é pior, em nome de Deus e da igreja. Quem já passou pela experiência desses erros – de dar vazão à satisfação da carne, sabe que um abismo chama outro abismo… e sabe também que deve ter um jeito certo e equilibrado de amar sexualmente outra pessoa, inclusive pra não se fazer mal e não fazer mal também. Com o tempo, se insistimos numa vida desregrada (como solteiro ou mesmo no matrimônio com o próprio cônjuge) um sentimento instintivo de sentir-se impuro vai se apoderando da consciência sem muito esforço. Nessa etapa alguns maus hábitos provavelmente já se enraizaram, mas nada como voltar atrás e tentar reparar esses danos que fizemos a nós mesmos. Eu quero mudar, por isso me devolvi à Jesus Cristo, e agradeço a Ele por este apostolado de vocês que tanto bem fazem para pessoas que querem recomeçar a reaprender a pureza das coisas, das pessoas, do amor e da vida, como bem deseja nosso amado Cristo e Senhor (Filipenses 2.5a).

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s