Professor de sexologia propõe pornografia para crianças

Um professor de sexologia da Universidade de Aalborg sugeriu que mostrar pornografia a crianças na escola poderia ajudá-las a entender melhor a sexualidade.   Christian Graugaard afirma que, ao ver pornografia pesada, as crianças perceberão que aquilo é diferente do sexo da vida real. Graugaard disse à rede de televisão dinamarquesa DR que, se as crianças tentarem representar aquilo que assistem, isso poderá resultar em “pescoços … Continuar lendo Professor de sexologia propõe pornografia para crianças

Reconhecido cientista assegura: Papa tinha razão sobre a AIDS Declaração de Edward Green, diretor do Aids Prevention Research Project de Harvard

O diretor do Aids Prevention Research Project da Harvard School of Public Health, Edward Green, assegurou que na polêmica sobre a Aids e o preservativo Bento XVI tinha razão. Ao intervir no “Meeting pela amizade entre os povos” de Rímini o cientista, considerado como um dos máximos especialistas na matéria, confessou que “lhe chamou a atenção como cientista a proximidade entre o que o Papa … Continuar lendo Reconhecido cientista assegura: Papa tinha razão sobre a AIDS Declaração de Edward Green, diretor do Aids Prevention Research Project de Harvard

Uganda é bem-sucedida no combate à Aids pregando abstinência e fidelidade

Por Fábio Zanini, na Folha: A missa na minúscula igreja com telhado de zinco e meia dúzia de bancos de madeira numa rua de terra em Campala está começando, e Louis Kermu, 27, sobe ao púlpito improvisado para dar seu testemunho. “Agradeço a Deus por me ajudar a continuar sexualmente puro. Não é fácil. Onde eu moro, as pessoas da minha idade ouvem músicas com … Continuar lendo Uganda é bem-sucedida no combate à Aids pregando abstinência e fidelidade

A cultura do descartável nas relações afetivas

Hoje, percebe-se essa cultura do descartável quando alguém não é mais útil no trabalho, nos negócios, em uma troca de favores e principalmente nas relações afetivas   O Papa Francisco, no livro ‘Igreja da Misericórdia’ e também em alguns trechos da encíclica Laudato Si, utilizou a expressão “cultura do descartável” para nos alertar sobre alguns comportamentos que têm feito parte da sociedade moderna, no que … Continuar lendo A cultura do descartável nas relações afetivas

“ESSA, SIM, É CARNE DA MINHA CARNE!”

Acredito que todo homem, quando encontra a mulher definitiva, seu desejo traduzido em contornos, materializado numa pessoa, repete interiormente com Adão estas palavras antigas e sempre novas: “Essa, sim, é carne da minha carne, ossos dos meus ossos!” Obviamente, o leitor mais atento saberá que essa exclamação aplica-se também à mulher, quando os seus sonhos ganham forma, assumindo concretude e abandonando o reino da abstração. … Continuar lendo “ESSA, SIM, É CARNE DA MINHA CARNE!”

Abraçando a ordem moral: o conselho matrimonial de Jane Austen

Por Chuck Colson Marianne tinha ainda de aprender o que C.S. Lewis ensinava: que a questão não é quais sentimentos por acaso tenhamos, mas quais sentimentos deveríamos ter. Os especialistas têm muitas ideias do motivo por que os casamentos se desmoronam. Mas uma das minhas respostas favoritas vem de alguém que deu um conselho literário sobre casamento – uns 200 anos atrás: Jane Austen. A senhorita … Continuar lendo Abraçando a ordem moral: o conselho matrimonial de Jane Austen